Foz do Iguaçu abriu 6 novos leitos de UTI para atender avanço da Covid-19


- Por: Redação 1

Foz do Iguaçu abriu 6 novos leitos de UTI para atender avanço da Covid-19
Rede de atenção a pacientes com Covid-19 de Foz do Iguaçu conta agora com 95 leitos de UTI

A rede de atendimento aos pacientes do novo Coronavírus (Covid-19) em Foz do Iguaçu ganhou, nesta quarta-feira (25), seis novas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Com isso, o município conta agora com 95 camas especiais distribuídas nos hospitais Municipal Padre Germano Lauck e Ministro Costa Cavalcante. Cidade registrou 137 novos casos e mais dois óbitos devido complicações provocadas pela doença.

Os novos leitos de UTI fazem parte da estratégia do governo Chico Brasileiro de enfrentamento da Covid-19, cujos casos da doença vem aumentando sistematicamente no mês de novembro. De acordo com o boletim da Vigilância Epidemiológica, só ontem foram confirmados 137 infectados e mais dois óbitos. Com isto, a cidade chega a 12.679 casos e 177 vítimas fatais da doença.
As seis camas especiais, instaladas na Ala Covid do Hospital Municipal, haviam sido anunciadas na semana passada pela diretoria executiva da unidade hospitalar. O avanço nas estruturas foi possível devido ao repasse de equipamentos via Ministério da Saúde e Governo do Estado. 

Na última sexta-feira (20), quatro novos leitos de UTI Covid foram instalados no local. Somados aos leitos do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, a cidade tem agora 95 leitos de UTI exclusivos para pacientes de Covid-19. Os leitos de enfermaria somam 74 no município. 
 “Fizemos um processo de readequação interna, já que não conseguimos até agora contratar novos médicos. Refizemos as escalas para que o atendimento seja garantido a todos, mas de fato a situação está muito difícil. Cada um precisa fazer a sua parte, e se cuidar ", alerta o diretor do Hospital Municipal, Sergio Fabriz.
 A unidade hospitalar, de acordo com a Comunicação Social da Prefeitura, segue com credenciamento de médicos aberto, assim como o processo seletivo para contratação imediata de técnicos de enfermagem e fisioterapeutas. Até agora, 39 profissionais foram contratados neste PSS.
 
Medidas Preventivas
Apesar de todos os esforços empenhados pelo município no enfrentamento a Covid-19, a população precisa seguir as medidas preventivas, como o distanciamento social, uso correto da máscara e higienização frequente das mãos, para evitar o avanço da doença. 
“A pandemia nos impôs novas situações. Não é a realidade que gostaríamos de vivenciar, mas temos que aceitar e entender que as principais ações para o vírus depende de cada um de nós”, acrescentou Fabriz.
 Contexto
No início da pandemia, em março, o Hospital Municipal contava com 17 leitos de UTI Covid. Duas novas foram construídas (UCE e UTDI) e o Pronto Socorro Respiratório passou por uma ampla reforma. 

Nenhuma pessoa ficou sem atendimento no município. Mesmo com as novas camas especiais, a ocupação das mesmas chegou a 76,8% e de enfermaria a 72,9%.


Ronildo Pimentel

 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas