Foz do Iguaçu integra gincana digital do Sesc no combate contra o Aedes aegypti


- Por: Redação 1

Foz do Iguaçu integra gincana digital do Sesc no combate contra o Aedes aegypti
A secretária de saúde, Rosa Maria Jeronymo e o gerente-executivo da unidade do Sesc em Foz, Osiel de Souza e Silva

Os moradores de Foz do Iguaçu poderão receber prêmios por eliminar os focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. O município, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, aderiu nesta semana,  à gincana “Aqui o mosquito não entra!”, promovida pelo Sesc em todo o Paraná. 
A ação pretende incentivar os cidadãos a fazer a “tarefa de casa” e eliminar os focos do mosquito da própria residência. Ao final, tanto o vencedor quanto o município receberão prêmios surpresa da instituição, além de troféus e medalhas. 
A gincana será totalmente on-line, pelo aplicativo Sesc Digital. Para participar, o morador só precisa fazer o cadastro, procurar os criadouros e enviar fotos do antes e depois do local. A cada registro, mais pontos acumulados e maiores as chances de subir o nível. São eles: Estagiário (0 pontos); Aprendiz (5 pontos); Agente (10 pontos); Detetive (20 pontos); Inspetor (40 pontos) e Comissário (acima de 70 pontos). 
“Não pensamos duas vezes antes de aceitar a proposta e incentivar a adesão dos iguaçuenses nessa campanha. Além de termos uma competição saudável, com prêmios, ainda vamos colher ótimos resultados. Poderemos diminuir os casos de dengue e outras doenças transmitidas pelo mosquito na cidade”, declarou a secretária de saúde, Rosa Maria Jeronymo.  
Os pontos são acumulativos até o fim da competição, porém, os 100 primeiros participantes que alcançarem o nível Agente receberão prêmios surpresa. O prazo para participar da campanha vai até o dia 10 de abril. A divulgação dos vencedores será feita no dia 15 de abril. 
O gerente-executivo da unidade do Sesc em Foz, Osiel de Souza e Silva, destacou que o objetivo é unir o estado na luta contra o Aedes. “Já que esse é o momento de ficar em casa, por que não fazer isso ajudando a eliminar o mosquito? Se uma parcela dos iguaçuenses se unir para fazer mais pontos, teremos mais segurança. Queremos essa competição saudável entre os cidadãos, em que todos brinquem juntos e se conscientizem”, afirmou.

AMN

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas