Vazão nas Cataratas do Iguaçu chega a 3,6 milhões de litros por segundo


- Por: Redação 1

Vazão nas Cataratas do Iguaçu chega a 3,6 milhões de litros por segundo
Espetáculo das águas nas Cataratas do Iguaçu

O acumulado de chuvas dos últimos dias na bacia hidrográfica do rio Iguaçu, fez a vazão média das Cataratas do Iguaçu subir quase duas vezes acima do nível normal, que é de 1,5 milhão de litros de água por segundo. De acordo com os dados do monitoramento hidrológico da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), a vazão no atrativo turístico compartilhado entre Brasil e Argentina na região de Foz do Iguaçu estava em 3,6 milhões de litros por segundo na tarde desta quinta-feira (21).
Para se ter uma ideia do aumento do volume de água, na segunda-feira (18), a vazão média estava em 974 mil litros de água por segundo.
Há um longo tempo não se via um volume de água tão grande no principal atrativo turístico da Tríplice Fronteira, incluindo o Paraguai.

Mutirão 
Uma força-tarefa da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu reforçou a limpeza em pontes e galerias pluviais em várias regiões da cidade nesta quinta-feira, 21. O descarte irregular de lixo nas vias públicas e os grandes volumes de chuva nos últimos dias são as maiores causas de alagamentos na cidade.
De acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), o acumulado de chuva na cidade até esta quinta foi de 397,8 milímetros – o maior volume já registrado no mês de janeiro desde o início do registro de dados feito pela instituição, em 1998. A quantidade de chuva esperada para todo o mês era de 160 mm. 
Desde a última semana, equipes das secretarias de Obras, Meio Ambiente e da Defesa Civil estão retirando lixo das galerias pluviais e também no entorno de rios e córregos nas regiões onde há maior incidência de alagamentos. 
 “Lembramos que a população pode utilizar o telefone 199 para informar a Defesa Civil sobre situações de emergência”, completou. 

Da redação com assessoria
 
 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas