Prefeitura decreta novo toque de recolher para conter o avanço da Covid-19 em Foz


- Por: Redação 1

Prefeitura decreta novo toque de recolher para conter o avanço da Covid-19 em Foz
Hospital Municipal de Foz do Iguaçu está com 100% de ocupação dos leitos de UTI e Enfermaria para pacientes com Covid-19

A Prefeitura decretou um novo toque de recolher, das 23h às 5h da madruga, como estratégia de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) em Foz do Iguaçu. A cidade tem registrado uma disparada no número de casos confirmados e óbitos em consequência da doença e um alto índice de ocupação de leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e de Enfermaria dedicados à pacientes infectados.
As novas medidas restritivas implementadas pelo prefeito Chico Brasileiro entraram em vigor neste domingo (21), por um prazo de 14 dias. De acordo com o decreto 28.980, elas poderão ser prorrogadas ou não, dependendo da evolução do quadro sanitário na pandemia. Durante o toque de recolher, os estabelecimento terão que encerrar as atividades comerciais e gastronômicas, entre outras. 
Fica proibida a circulação de pessoas, salvo por motivo de força maior, justificada em uma série de casos como aquisição de medicamentos, produtos médicos hospitalares e produtos veterinários. A medida suspende ainda atividades esportivas coletivas recreativas em quadras e campos públicos e privados, pesque-pagues e balneários, piscinas em condomínios, clubes e associações, competições esportivas entre outros.

A participação em atividades religiosas tem público limitado em 30% da capacidade do ambiente, além de um número máximo de dez pessoas para reuniões domiciliares. Ao anunciar o decreto, Chico Brasileiro disse que a decisão levou em consideração o aumento de casos da doença e a ocupação de leitos de UTI e Enfermaria.

Ronildo Pimentel

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas