Representantes de eventos, bares, restaurantes e artistas fazem novo protesto na prefeitura


- Por: Redação 1

Representantes de eventos, bares, restaurantes e artistas fazem novo protesto na prefeitura
Representantes dos setores de eventos, bares e restaurantes e artistas de Foz protestam contra o toque de recolher em Foz

Representantes dos setores de eventos, bares, restaurantes e artistas de Foz do Iguaçu, realizaram um novo protesto na manhã desta segunda-feira, 22, para reclamar das restrições impostar pelo decreto que implantou o toque de recolher no município.  Os secretários municipais de Governança e Transparência, José Elias Castro Gomes, e de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli, receberam representantes dos trabalhadores.
Na sexta-feira, foi publicado o decreto nº 28.980, que estabeleceu, a partir de domingo, o toque de recolher das 23h às 5h e a suspensão de algumas atividades, como esportes coletivos e reuniões ou festas com mais de 10 pessoas, em virtude do grande número de casos da doença e da alta ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não somente nos hospitais de Foz como em toda a macrorregião Oeste do Paraná.

Toque de recolher
O toque de recolher já estava em vigor no Estado, até o dia 28 de fevereiro. Pelo decreto municipal, em Foz do Iguaçu o horário de início foi reduzido em uma hora, para as 23h. A medida também foi adotada em outros quatro Estados, em virtude da situação da pandemia no País – no Mato Grosso do Sul, no Ceará, no Amazonas e na Bahia.  


Da redação com AMN /Foto: divulgação redes sociais

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas